Abrir espaço de trabalho

DE ONDE VEM O NOME ZARU?

A LENDA JAPONESA DOS TRÊS MACACOS

Uma escultura de três macacos instalada no templo xintoísta de Toshogu em Nikki, no Japão, retrata a antiga lenda dos três macacos sábios, que tem sua origem na mitologia chinesa. É uma história surpreendente protagonizada por três curiosos personagens - Kikazaru, o macaco que não ouve, Iwazaru, o macaco que não fala, e Mizaru, o macaco que não vê - que segundo a lenda foram enviadas pelos deuses como observadores e mensageiros. Deviam registrar todos os atos e maldades da humanidade para, mais tarde, levar ao conhecimento das divindades.

 

A formação dos seus nomes é um trocadilho com a palavra saru – macaco em japonês - e pode ser traduzida como “Não olhe para o mal, não escute o mal, não pronuncie o mal”. No Japão, onde encontramos vários ensinamentos para promover a harmonia entre as pessoas, esse provérbio é chamado de “regra de ouro”.

O nome Zaru é uma homenagem às pessoas que têm na humildade, simplicidade e espírito de servir sua grande capacidade de realização. Estas são importantes características de líderes que com comprometimento, garra, capacidade de formar equipes, visão empresarial, disciplina, respeito e muito trabalho, constroem cultura organizacional e geram resultados.

NOSSA MARCA

A marca da Zaru foi inspirada na força da natureza e seus ensinamentos como um sistema orgânico e sadio. O Globo Terrestre mostra a magnitude de um mundo sem fronteiras, que apesar da sua diversidade, em seus quatro cantos convergem os mesmos princípios de uma boa gestão.

Foram escolhidos três elementos essenciais para representar frutificação e resultados:

2.png

PLANETA TERRA

onde se planta e colhe

ÁGUA

origem da vida, vital para sua perpetuidade

FOLHA

fotossíntese para respirar e adubo para brotar e frutificar

É preciso cuidar do que plantamos para colher os frutos que irão alimentar o nosso crescimento.